Política

Guedes defende vacinação


O ministro da Economia, Paulo Guedes, classificou o auxílio emergencial como "um instrumento muito efetivo" e defendeu a vacinação em massa "para que 38 milhões de brasileiros possam trabalhar para ganhar a própria vida". Ele também agradeceu ao Congresso pela aprovação da PEC Emergencial, promulgada na segunda-feira e disse que as novas lideranças do Congresso ajudaram a "destravar a pauta de reformas".


Notícias relevantes: