Política

Prefeitos pedem 90% do estoque para primeira dose


DIVULGAÇÃO
Ao todo, são mais de 80 mil habitantes para aplicação da primeira dose
Crédito: DIVULGAÇÃO

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) recomendou ao governo federal que 90% das vacinas CoronaVac sejam aplicadas como 1ª dose, como forma de tentar acelerar a imunização da população. Com isso, 10% dos lotes seriam reservados para 2ª dose, em vez dos 50% orientados pelo Ministério da Saúde.

Em ofício enviado ao presidente Jair Bolsonaro, ao ministro da pasta, Eduardo Pazuello, que está de saída do cargo, e ainda para o sucessor dele, Marcelo Queiroga, a entidade que representa 412 municípios com mais de 80 mil habitantes defende que a nova estratégia de uso das vacinas vai permitir a otimização na aplicação dos imunizantes.

"Cada município está adotando um período para a aplicação da segunda dose dessa vacina. Neste sentido, se todos os municípios passarem a adotar o prazo de 28 dias, haverá um maior espaçamento entre as doses e maior otimização da sua aplicação", diz texto assinado pelo presidente da FNP, Jonas Donizette, ex-prefeito de Campinas (SP). Segundo a entidade, a alteração é possível porque o fluxo de produções das vacinas CoronaVac e AstraZeneca "já se encontra em ritmo mais intenso". (Das agências)

 


Notícias relevantes: