Política

Processos de Lula ficam no DF


O plenário do STF formou maioria e decidiu ontem (22) que os processos contra o ex-presidente Lula devem ser mantidos na Justiça Federal do Distrito Federal. Relator do caso, o ministro Edson Fachin votou pela transferência dos processos para Brasília pois os fatos têm relação com o local. A decisão foi seguida por Luis Robeto Barroso, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Rosa Weber e Cármen Lúcia.


Notícias relevantes: