Política

Cortes no meio ambiente


Um dia depois de prometer mais verba para fiscalização ambiental, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cortou recursos para a área relacionada a mudanças do clima, controle de incêndios florestais e fomento a projetos de conservação do meio ambiente. Bolsonaro sancionou o Orçamento de 2021 com alguns vetos e cortou quase R$ 240 milhões da pasta do Meio Ambiente.


Notícias relevantes: