Política

Prisão de Cunha é revogada


O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) revogou, nesta quarta-feira, a prisão preventiva decretada pela Lava-Jato de Curitiba contra o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. Devido à pandemia, ele cumpre a medida em modo domiciliar. O tribunal manteve apenas a proibição de sair do país. A defesa do ex-deputado afirma que, com isso, a tornozeleira eletrônica será retirada.


Notícias relevantes: