Política

'Nem ousem contestar'


O presidente Jair Bolsonaro voltou nesta quarta-feira (5) a ameaçar editar um decreto contra medidas de isolamento social tomadas por governadores e prefeitos. O objetivo, segundo o presidente, seria garantir a realização de cultos e a "liberdade para poder trabalhar". Bolsonaro ainda afirmou, em recado ao STF (Supremo Tribunal Federal): "Não ouse contestar, quem quer que seja".


Notícias relevantes: