Política

Barra Torres presta depoimento


O diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, prestou depoimento para a CPI da Covid nesta terça-feira (11) e entre outras coisas disse que se arrepende de ter participado de uma manifestação ao lado do presidente Jair Bolsonaro em 15 de março do ano passado. Torres foi questionado sobre o episódio pela CPI.

"Contrariando o que até recentemente a imprensa cita, que eu compareci a manifestações, no plural, não é verdade", disse. "Eu estive no Palácio do Planalto porque tinha uma conversa particular com o presidente naquele dia. Havia sim uma manifestação naquele dia em frente ao Palácio do Planalto e, quando cheguei, o presidente deslocou-se para a proximidade de seus apoiadores, o que é comum o presidente ter essa interação com o público", complementou.

Torres disse ter cumprimentado todos com o cotovelo e afirmou que naquela época ainda havia dúvida sobre a eficácia do uso de máscaras. Ele citou que no Distrito Federal o uso de máscaras só se tornou obrigatório em abril.

"É óbvio que em termos da imagem que isso passa, hoje tenho plena ciência de que, se pensasse mais cinco minutos, eu não teria feito, até porque esse assunto não era nenhum assunto que necessitasse de uma urgência para ser tratado", afirmou.

"De minha parte, eu digo que foi um momento que não refleti a imagem negativa que isso passaria e certamente depois disso nunca mais houve esse tipo de comportamento meu, por exemplo." (FP)


Notícias relevantes: