Política

CEO da Pfizer vai depor


Divulgação
A farmacêutica Pfizer, chamada para prestar esclarecimentos à CPI
Crédito: Divulgação

A farmacêutica Pfizer, chamada para prestar esclarecimentos à CPI da Pandemia no Senado, informou que o CEO da América Latina, Carlos Murillo, poderá ser ouvido presencialmente. Carlos era CEO da empresa no Brasil na época das tratativas da farmacêutica com o governo federal. A empresa garante que ele "poderá esclarecer as negociações com o Governo Federal desde 2020".

 


Notícias relevantes: