Política

'funcionalismo não se paga'


O deputado Gilson Marques (Novo-RS) defendeu a proposta do governo para a Reforma Administrativa afirmando que o funcionalismo não se paga nos atuais moldes. "O serviço público, assim como qualquer produto, precisa caber no bolso do consumidor. Infelizmente, o Estado tem o poder de impor que o serviço seja consumido contra a vontade do consumidor e esses serviços no país são excessivamente caros", disse.


Notícias relevantes: