Política

Habeas Corpus para Pazuello


A Advocacia-Geral da União (AGU) entrou ontem (14) com um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) para blindar o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello na CPI da Pandemia. O documento foi revisado pelo advogado-geral da União, André Mendonça. A ideia é que Pazuello compareça, mas possa ficar em silêncio. Ricardo Lewandowski será o ministro responsável pela análise.


Notícias relevantes: