Política

Pazuello não será punido


O Comando do Exécito Brasileiro entendeu que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello não cometeu "transgressão disciplinar" por ter participado de ato político no Rio de Janeiro ao lado do presidente Jair Bolsonaro e não será punido. O anúncio foi feito na noite de quinta-feira (3). "Não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar por parte do General Pazuello", afirma o comunicado emitido pela Força.


Notícias relevantes: