Política

'Segurança só com voto impresso'


"Não basta aprovar o voto impresso antes da eleição de 2022. A não ser que 100% das urnas estejam equipadas com impressoras já no próximo pleito, continuará a haver desconfiança sobre os resultados." Esse é o recado da deputada Bia Kicis (PSL-DF), autora da PEC do voto impresso, que está em análise em comissão especial na Câmara. A deputada rejeita uma implementação gradual das impressoras.


Notícias relevantes: