Política

Jundiaí já se prepara para a implantação da internet 5G

Sistema 5G facilita a operacionalização de novos modelos de serviços públicos


Divulgação
Prefeitura de Jundiaí recebe represetantes da Abrintel nesta segunda
Crédito: Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (12), o prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB) e gestores da Prefeitura de Jundiaí se reuniram com representantes das operadores de telefonia, da Associação Brasileira de Infraestrutura para Telecomunicações (Abrintel) e do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Conexis Brasil Digital).

O tema do encontro foi o marco regulatório para implantação do sistema 5G de cobertura, que facilita a operacionalização de novos modelos de serviços públicos e será essencial para o desenvolvimento de ecossistemas de inovação.

Jundiaí já conta com 80% de cobertura de telefonia móvel no território urbano e há necessidade de expansão nas regiões rurais e periféricas do município. "Temos o interesse de, com a modernização dos sistemas das operadoras, universalizar o acesso, levando esse benefício às regiões que hoje não estão nas áreas urbanas, como a zona rural e aquelas mais nas extremidades da cidade. Jundiaí quer se antecipar na aplicação da tecnologia 5G e manter o título de uma das cidades mais interessantes para investidores internacionais", comentou Luiz Fernando.

O gestor da Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF) José Antonio Parimoschi, citou o projeto de lei do Ecossistema de Inovação, que está sendo ultimado pelo governo e que será enviado à Câmara em agosto próximo, onde a conectividade faz parte dessa estratégia.

Para o gestor da Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA), Sinésio Scarabello, "a atualização da legislação favorece investimentos, deve contemplar a preservação da qualidade do ambiente e prezar pela paisagem da cidade."

Já o diretor presidente da Companhia de Informática de Jundiaí (Cijun), Amauri Marquezi, detalhou que "esses passos são essenciais para a cidade avançar na qualidade e oferta de serviços de uma 'smart city', quanto no ambiente propício para o desenvolvimento da Indústria 4.0."


Notícias relevantes: