Política

Diretora pede para não ir à CPI


A diretora técnica da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades, pediu ao Supremo Tribunal Federal que reconheça o direito dela de não comparecer à CPI da Covid. A Precisa Medicamentos é apontada como a empresa responsável por realizar a ponte entre o governo federal e o laboratório que produz a vacina Covaxin. Segundo senadores, Medrades teria participado das negociações.


Notícias relevantes: