Política

STF autoriza silêncio na CPI


O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, deu a Cristiano Carvalho, representante da Davati Medical Supply, o direito de ficar em silêncio na CPI da Covid. O depoimento de Cristiano, que é investigado por ofertas de venda de vacina ao Ministério da Saúde, está marcado para hoje (15). Carvalho havia pedido ao STF autorização para faltar à audiência, mas não foi atendido.


Notícias relevantes: