Política

Bolsonaro evolui e não precisará realizar cirurgia de emergência


Marcos Corrêa/PR
Jair Bolosnaro segue internado, mas estado de saúde é satisfatório
Crédito: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro evolui de forma satisfatória, mas segue sem previsão de alta do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde está internado desde a noite desta quarta-feira (14), segundo o mais recente boletim médico. Bolsonaro foi transferido de Brasília para São Paulo após apresentar um quadro de obstrução intestinal.

"O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, segue internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, evoluindo de forma satisfatória clínico e laboratorialmente. Permanece o planejamento terapêutico previamente estabelecido. O presidente segue sem previsão de alta hospitalar", diz o boletim.

Bolsonaro está sendo acompanhado pelo cirurgião gástrico Antonio Luiz Macedo, que cuida de sua saúde desde a facada sofrida nas vésperas da eleição de 2018.

Ainda em Brasília, no começo da quarta-feira, Bolsonaro procurou atendimento médico após sentir dores abdominais na madrugada. Nos últimos dias, o presidente também se queixava de soluços frequentes, como relatado durante uma transmissão ao vivo.

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), general Augusto Heleno, visitou o presidente nesta quinta. Segundo publicou em uma rede social, a recuperação de Bolsonaro tem sido "acima do esperado". "No dia de hoje, visitei o presidente Bolsonaro, no Hospital Vila Nova Star, em SP. Ele passa bem, mas continuará a fazer alguns exames e avaliações. Sua recuperação tem sido acima do esperado, graças a Deus e às orações dos amigos e amigas."

Após a realização de exames clínicos, laboratoriais e de imagem na noite desta quarta (14), a equipe médica que cuida do presidente, coordenada por Macedo, definiu que ele receberá um "tratamento clínico conservador", descartando a necessidade de uma cirurgia de emergência inicial.

(Das agências)


Notícias relevantes: