Política

CPI espera reforço da PF


A cúpula da CPI da Covid espera contar com o reforço de investigadores da Polícia Federal durante o recesso parlamentar para se debruçar sobre documentos que já somam quase 2 terabytes de informação. A folga de deputados e senadores começa na próxima segunda-feira (19) e vai até o dia 1º de agosto. A documentação foi colhida durante os mais de dois meses de trabalhos do colegiado.


Notícias relevantes: