Política

Caso Joice sofrerá investigação


Depois de ser acionada pela deputada Joice Hasselmann(PSL-SP), a Polícia Legislativa da Câmara abriu investigação sobre a agressão à parlamentar. Ela afirma ter acordado no chão do corredor, entre o quarto e o banheiro, com o rosto em uma poça de sangue, sem saber exatamente o que aconteceu.

A situação ocorreu na madrugada do último domingo (18). A investigação está analisando imagens do circuito de segurança do prédio onde Joice mora, em Brasília. O objetivo também é ouvir vizinhos da deputada. Diante da gravidade dos ferimentos, a polícia quer saber se alguém ouviu barulho ou diálogos vindos do apartamento.

Em nota, a assessoria da deputada afirmou que após exames, foram constatados diversos traumas pelo corpo — joelho, costela, ombro e nuca —, incluindo cinco fraturas na face e uma na coluna. "Os médicos descartaram a possibilidade de uma queda acidental. A parlamentar está medicada, amparada e se restabelecendo rapidamente. A expectativa, no momento, é para que não seja necessária cirurgia por conta das fraturas".

A deputada federal, Joice Hasselmann (PSL-SP) saiu em defesa de seu marido, nesta sexta-feira, 23, após denunciar agressões. Após especulações na internet sobre a autoria do ataque ter sido de seu marido, Joice Hasselmann afirmou, em seu perfil no Instagram: "É mais fácil eu dar uma sova no meu marido que ele ousar levantar a mão pra mim".

Na legenda da publicação, a deputada federal ainda escreveu: "Aguardem a investigação da polícia que dará as respostas. Eles tomarão os depoimentos e analisarão as imagens das câmeras".

(Das agências)


Notícias relevantes: