Política

Procuradoria abre inquérito


A Procuradoria da República no Distrito Federal determinou a abertura de inquérito civil para apurar o suposto pedido de propina de US$ 1 por dose em negociação para compra de vacinas da farmacêutica AstraZeneca. Os procuradores vão analisar indícios de improbidade administrativa. Segundo o órgão, serão analisados atos "praticados pelo então diretor Roberto Ferreira Dias."


Notícias relevantes: