Política

Doria aglomera e se desculpa


Crítico das aglomerações promovidas pelo presidente Jair Bolsonaro na pandemia, o governador João Doria (PSDB) participou de um evento lotado no Palácio dos Bandeirantes nesta quinta-feira (12) para um anúncio do governo e teve que pedir desculpas pelo excesso de convidados.

O tucano, que é pré-candidato à Presidência em 2022 e rivaliza com o atual titular do Planalto no discurso sobre o enfrentamento à Covid-19, publicou em seu perfil no Twitter, no mesmo dia, uma foto que mostra o Auditório Ulysses Guimarães, localizado dentro da sede do governo, cheio de pessoas.

Segundo Doria, 201 prefeitos de cidades do estado participaram da solenidade para o anúncio de ações de reforço na segurança no campo e da liberação de R$ 215 milhões em crédito para produtores rurais. O evento também reuniu outras autoridades, membros do governo e profissionais de imprensa.

Imagens da ocasião mostram que a obrigatoriedade do uso de máscaras foi respeitada. Já a orientação de distanciamento foi ignorada durante a cerimônia, com parte das pessoas sentadas lado a lado em cadeiras no auditório, e nos momentos de formação de fila para subida ao palco e de saída do local.

O alto número de presentes até chegou a ser exaltado em discursos pelo secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Itamar Borges, e pelo presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Carlão Pignatari (PSDB). (FP)


Notícias relevantes: