Política

STF aposta que pressões de Bolsonaro sobre Pacheco vão fracassar

A avaliação é que Pacheco não se comportará em nenhum momento como aliado e vai usar situações como essa para se diferenciar do governo, de olho em seus planos políticos futuros


Ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e lideranças partidárias avaliam que serão infrutíferas as tentativas de pressão de Jair Bolsonaro sobre Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Na manhã deste sábado (14), o presidente postou que vai apresentar pedidos de impeachment contra Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes no Senado.

A avaliação é que Pacheco não se comportará em nenhum momento como aliado e vai usar situações como essa para se diferenciar do governo, de olho em seus planos políticos futuros.

Segundo essa leitura, se insistir, a única coisa que Bolsonaro pode conseguir é aumentar seu desgaste entre senadores.

Para integrantes do Supremo, o próprio presidente sabe que a solicitação não deve andar e só agiu pressionado pela base a dar resposta à prisão de Roberto Jefferson, presidente do PTB, determinada por Moraes.

O presidente do STF, Luiz Fux, tem reunião marcada para quarta (18) com o ministro da Casa Civil. Ministros do Supremo têm falado em diminuir as respostas para reduzir as tensões.


Notícias relevantes: