Política

EUA admitem erro em ataque


O Departamento de Defesa dos Estados Unidos reconheceu ontem (17) que o ataque a drone empenhado em Cabul no fim do mês passado que matou 10 civis afegãos, feito em retaliação a um atentado do Estado Islâmico, foi um "erro". Foi o que disse o general Kenneth Franklin McKenzie Jr, chefe do Comando Central dos Estados Unidos. "Ofereço minhas sinceras desculpas", afirmou.


Notícias relevantes: