Política

IOF pode 'ficar para depois'


O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta segunda-feira (20) que o aumento do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para ampliar o Bolsa Família em 2021 não foi conversado com o Congresso e disse que é uma decisão "que a Câmara e o Senado podem ver depois". Lira falou ao chegar à Câmara na tarde desta segunda para participar da reunião de líderes.


Notícias relevantes: