Política

Mil dias de governo Bolsonaro


Em meio às dificuldades para enfrentamento da pandemia de covid-19, crise hídrica e energética, além da lenta recuperação econômica, o governo Jair Bolsonaro completa mil dias nesta segunda-feira (27). A marca deve ser tema de uma série de viagens do presidente e eventos organizados pelo Palácio do Planalto nesta semana.

Segundo o analista de política Caio Junqueira, os eventos estão organizados há três meses. Pelo planejamento elaborado pelos ministros da Casa Civil, Ciro Nogueira, e das Comunicações, Fabio Faria, a ideia é regionalizar as entregas e fazer com que o governo esteja em um período de uma semana em todos os estados do país.

Bolsonaro testou negativo para a covid-19 neste domingo (26), e por isso poderá cumprir a agenda normalmente. A primeira agenda foi realizada ainda nesta segunda-feira (27), o lançamento da linha de crédito Caixa Tem. Nos dias seguintes, a ideia é que o presidente vá a todas as regiões do país.

Ele ficará presencialmente em um estado da região e os outros ministros nos outros estados da região também entregando obras e, à certa altura, o presidente entra na solenidade em todos os estados simultaneamente.

O calendário prevê que isso ocorra hoje (28) no Nordeste, com o presidente na Bahia; na quarta-feira (29) no Norte e na quinta-feira (30) no Sudeste, com o presidente provavelmente em Belo Horizonte.

 (Das agências)


Notícias relevantes: