Política

Vazamento de informações


Após vazamento, Paulo Guedes, ministro da Economia, e Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, afirmaram que suas contas no exterior foram declaradas e aprovadas por órgãos competentes quando ambos ingressaram em cargos federais. Segundo documentos analisados pelo Consórcio Internacional de Jornalistas, Guedes e Campos Neto teriam offshores em paraísos fiscais.


Notícias relevantes: