Política

Saneamento é modelo em Jundiaí


Referência nacional há anos pelos bons índices de saneamento, a cidade de Jundiaí, no interior do estado de São Paulo, se tornou destaque de um levantamento realizado pelo Instituto Trata Brasil que comparou os percentuais de tratamento de esgoto e abastecimento da população com água tratada de todas as cidades brasileiras. Localizado a cerca de 55 quilômetros da capital paulista e com população estimada em 426.935 habitantes segundo o IBGE, o município ficou em primeiro lugar no ranking do instituto.

E o bom desempenho não foi por acaso. Segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) usados no estudo, Jundiaí trata 100% do volume do esgoto gerado, abastece 99,07% da população com água e coleta 98% do esgoto do total de habitantes.

Em um país marcado por profundas desigualdades como o Brasil, os percentuais alcançados por Jundiaí são um ponto completamente fora da curva. Na Região Norte, por exemplo, somente 12% da população possui coleta de esgotos, sendo o local do país com o pior percentual.

A região é seguida pelo Nordeste, com 28% da população atendida com a coleta de esgoto, Sul (46,3%), Centro-Oeste (57,7%) e Sudeste (79,2%). A situação é semelhante quando é feita a comparação do percentual da população de Jundiaí com acesso a água tratada em relação ao estado e a região onde está localizada. (Das agências)


Notícias relevantes: