Política

STF retorna presencialmente


O Supremo Tribunal Federal (STF) definiu a volta das atividades presenciais na Corte a partir do dia 3 de novembro, com a exigência de apresentação de um certificado de vacinação do Ministério da Saúde para acesso. As regras foram editadas em uma resolução assinada pelo presidente do STF, ministro Luiz Fux, e determina que todos os frequentadores deverão apresentar o comprovante.


Notícias relevantes: