Política

Advogado apresenta reclamação


Advogado dos Bolsonaros, Frederick Wassef apresentou ao CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) uma reclamação disciplinar contra a procuradora da República Márcia Brandão Zollinger.

Em junho, Zollinger recomendou o arquivamento do inquérito aberto para apurar possíveis irregularidades na elaboração de um relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) sobre transações financeiras de Wassef, que é amigo do presidente Jair Bolsonaro e de sua família.

Wassef contesta a veracidade do relatório produzido pelo Coaf, para ele, um covil de organização criminosa do qual se diz vítima. Apesar de a Justiça Federal já ter determinado a continuidade das investigações a despeito da manifestação da procuradora, no dia 8 de outubro Wassef requereu instauração de processo administrativo disciplinar contra Zollinger.

Na reclamação que assina, Wassef afirma que a procuradora "fez parecer que o Coaf nada fez de errado e agiu dentro da legalidade, o que é vergonhosa mentira e um sofisticado ardil para enganar a todos, com o único e claro objetivo de blindar e proteger a organização criminosa que está infiltrada dentro do Coaf".

"Na contramão do Ministério Publico Federal, sem qualquer justificativa ou motivo plausível, além de contrariar frontalmente a ordem do TRF da 1ª Região, a reclamada pronunciou-se pelo arquivamento extemporâneo e prematuro da investigação, logo em seu nascedouro, no início do inquérito policial sem que houvessem sido iniciados os trabalhos da Polícia Federal em verdadeira interdição da produção de provas, impedindo a ação e os trabalhos da PF, obstruindo a Justiça, descumprindo determinação judicial", escreveu Wassef. (FP)


Notícias relevantes: