Política

Damares volta atrás no PNDH


O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandado por Damares Alves, voltou atrás em decisão de fevereiro e incluirá a sociedade civil no grupo de revisão do PNDH (Programa Nacional dos Direitos Humanos). A decisão foi publicada pela pasta em portaria nesta sexta (29) que prorroga até 30 de junho de 2022 os trabalhos técnicos do grupo designado para sugerir as alterações no texto de 2009 do PNDH.


Notícias relevantes: