Política

Câmara aprova Rotas Esportivas em Jundiaí

LEGISLATIVO Sessão de ontem (4) foi realizada de maneira remota por conta da reforma do Plenário


Divulgação
Plenário da Câmara passa por reforma para melhorias na acessibilidade
Crédito: Divulgação

Em sessão realizada de maneira remota na manhã de ontem (4), foi aprovado pela Câmara de Jundiaí projeto de lei do vereador e presidente da Casa, Faouaz Taha (PSDB), que institui a campanha de incentivo às Rotas Esportivas de Jundiaí. O texto visa promover maior estrutura, segurança, iluminação e pontos de hidratação em avenidas e trajetos já utilizados pela população para atividade esportiva.

"Já estamos em diálogo com o Executivo para conseguirmos lançar um projeto-piloto. Minha sugestão é que seja no Engordadouro, por conta da necessidade e pedido da população, mas a ideia é que isso seja levado a outros pontos e espero muito que se concretize", disse Faouaz.

A proposta tem sido discutida com as Unidades de Gestão de Esportes, Serviços Públicos e a DAE S/A de Jundiaí para que haja a viabilidade da instalação de bebedouros, pensados de forma segura para evitar furtos ou usos inadequados. Também foi feito contato com a Cijun para que as rotas possam ser organizadas para acesso digital, com detalhes de distância, nível de dificuldade e geoposicionamento.

Durante a votação, o vereador ainda lembrou que, diante da pandemia, o uso dos espaços ao ar livre se tornou ainda mais comum e buscado pela população. "Sendo assim, esse projeto pretende oferecer maior estrutura e valorização a esses locais. Como educador esportivo de formação, fico muito feliz em permitir esse projeto", afirmou.

As sugestão de rotas poderão ser feitas em conjunto com as associações de moradores e conselhos dos bairros, para valorizar a participação dos munícipes na construção dos espaços públicos destinados a eles mesmos.

Outro item aprovado foi o PL de autoria do vereador Paulo Sergio Martins (PSDB), que altera a lei que regula a nomenclatura e emplacamento de vias, para permitir que a denominação seja feita antes da conclusão da obra. De acordo com o autor, "a denominação da rua, com a posterior destinação de um CEP, facilita o dia a dia dos moradores".

Dia da Favela

Também foi aprovado o projeto de lei de autoria conjunta de todos os 19 vereadores jundiaienses, que institui e inclui no Calendário Municipal o "Dia da Favela e da Luta por Moradia Digna", a ser comemorado em 4 de novembro.

Segundo o texto apresentado, o projeto "visa resgatar a autoestima e cidadania dos moradores de núcleos historicamente marginalizados, possibilitando um novo olhar sobre a importância desses locais e a discussão do acesso digno à habitação, além de reconhecer o valor cultural das comunidades".

Foi adiada para a sessão ordinária de 24 de maio de 2022 a votação do projeto de lei complementar, de autoria dos vereadores Faouaz Taha (PSDB) e Dr. Kachan Jr. (DEM), que altera o Código de Obras e Edificações para prever, nas edificações de acesso coletivo ou público, instalações sanitárias adaptadas às pessoas ostomizadas.

Já a proposta de autoria dos vereadores Antonio Carlos Albino (PL) e Daniel Lemos (DEM), que prevê coleta de resíduos de construção civil e equipamentos feitos de amianto pela Prefeitura de Jundiaí em casos de catástrofes naturais ou estado de calamidade pública foi retirada da pauta.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: