Política

'Secreto não é transparente'


O deputado federal Miguel Haddad (PSDB) foi um dos 31 deputados federais que votaram contra o projeto do 'orçamento secreto' - aprovado na segunda-feira, com 268 votos. Miguel, dois dias depois, comentou que "não é republicano a aprovação de um projeto como esse. Afinal, a utilização do dinheiro público precisa, merece e deve se dar na maior transparência". "Ou  é transparente ou é secreto".


Notícias relevantes: