Política

(IN)COMPETÊNCIA PREMIADA?


O delegado Rodrigo Morais Fernandes, responsável pela investigação sobre a facada em Jair Bolsonaro (PL), vai trabalhar em uma força-tarefa em Nova York. Internamente, na PF, a ida aos Estados Unidos é vista como a realização de um desejo do próprio delegado, e não uma 'transferência forçada'. Bolsonaro até hoje tenta levantar suspeitas sobre a facada, questionando o trabalho feito pela PF.


Notícias relevantes: