Política

OLHA QUEM ESTÁ FALANDO


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, criticou os estados que informaram que não vão pedir prescrição médica para vacinar crianças de 5 a 11 anos no Brasil. "Pelo que eu saiba, a grande maioria deles [referindo-se aos governadores] não é médico. Então, eles estão interferindo nas suas secretarias estaduais e municipais", disse o ministro, nesta quarta-feira (29), em conversa com jornalistas na porta do Ministério da Saúde.


Notícias relevantes: