Política

CORRENTES DE ORAÇÃO


A internação às pressas de Jair Bolsonaro (PL) trouxe uma enxurrada de lembranças, pelas redes sociais, da facada que ele sofreu em setembro de 2018. Postagens foram feitas pelos filhos Flávio e Carlos, e pelos ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral da Presidência), Fábio Faria (Comunicações), Ciro Nogueira (Casa Civil) e Marcelo Queiroga (Saúde). Todos pediram "orações" ao presidente da República.


Notícias relevantes: