Política

Portela é eleito novo vice


O deputado Lincoln Portela (PL-MG), da bancada evangélica, foi eleito ontem (25) novo vice-presidente da Câmara, em substituição ao deputado Marcelo Ramos (PSD-AM), desafeto do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Portela, indicado oficial do PL, recebeu 232 votos - precisava do apoio da maioria absoluta dos votantes. Disputaram a vaga, que pertence ao partido de Bolsonaro, a ex-ministra da Secretaria de Governo Flavia Arruda (DF), Bosco Costa (SE), Capitão Augusto (SP) e Fernando Rodolfo (PE) - todos como avulsos.

Também foram eleitos Odair Cunha (PT-MG) como segundo secretário, em substituição a Marília Arraes (PE) - que trocou o PT pelo Solidariedade -, e Geovania de Sá (PSDB-SC) - no lugar de Rose Modesto (MS), que deixou o PSDB pela União Brasil.

Portela substitui o deputado Marcelo Ramos (PSD-AM), destituído pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), após pressão do PL, partido de Bolsonaro.

Conforme revelou a Folha de S.Paulo, o PL pressionou o presidente da Câmara a retirar o ex-integrante da legenda da vice-presidência da Casa e tentar emplacar um deputado da sigla no posto.

Em live no dia 12 de maio, o presidente afirmou ter pedido ao partido de Valdemar Costa Neto para destituir Marcelo Ramos, que é seu opositor e trocou o PL pelo PSD, de Gilberto Kassab. (FP)


Notícias relevantes: