Política

PELA ORDEM


Maurício Rappa é pré-candidato

O partido Novo Jundiaí lançou, na noite de quarta-feira (3), a pré-candidatura de Maurício Rappa a deputado federal. O evento foi realizado no comitê do partido, na avenida Nove de Julho. Rappa tem 47 anos e é a primeira vez que se candidata a um cargo eletivo. Ele apresentou suas ideias, princípios e valores, com todos os compromissos e deveres que assinou no Termo de Compromisso, junto ao Partido Novo. O empresário e ex-candidato a prefeito Ricardo Benassi, que já foi filiado ao Novo, marcou presença no evento.

Deputados aprovam punição para golpes

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem (4) proposta que estabelece punição para quem aplica golpes pelas redes sociais. A pena será maior quando a vítima é idosa ou parte de uma relação amorosa. A proposta agora segue para o Senado. Pelo texto, o estelionato emocional ocorre se a vítima entregar bens ou valores como parte de uma relação afetiva. O criminoso poderá ser enquadrado como estelionatário e estará sujeito à pena de 1 a 5 anos.

Pena maior para uso das redes sociais

No caso de fraude eletrônica com uso de informações fornecidas pela vítima por meio das redes sociais, telefone ou e-mail a pena será de 4 a 8 anos. Os golpes aplicados por clonagem de aplicativos serão punidos com a mesma pena.

MDB abandona Tebet no RJ para apoiar Lula

O diretório estadual do MDB do Rio de Janeiro aprovou moção, ontem (4), em que apoia a candidatura presidencial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), apesar de a sigla ter lançado oficialmente a senadora Simone Tebet (MS) na disputa de outubro.

Damares recusa ser deputada federal

A ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves (Republicanos) disse que irá "para o páreo" na disputa ao Senado ou para o governo Distrito Federal mesmo após perder o palanque do presidente Jair Bolsonaro (PL). "É o partido que vai decidir. Eu estou me colocando à disposição de novo", disse ao jornal O Globo. E voltou a afirmar que não quer candidatar-se a deputada federal. "Já deixei muito claro para o partido. A nominata já está muito boa", disse, referir-se aos colegas que devem disputar uma cadeira na Câmara.

TRE manda Tarcísio remover vídeo

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo concluiu que o candidato ao governo do estado Tarcísio de Freitas (Republicanos) fez propaganda eleitoral antecipada com uma postagem no Instagram e determinou que ele remova o vídeo e pague uma multa de R$ 5 mil. Cabe recurso.

Oposição quer saída de Aras da PGR

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), recebeu ontem (4) pedido de impeachment do Procurador-Geral da República, Augusto Aras, por suposto crime de responsabilidade ao se aliar ao presidente Jair Bolsonaro (PL). O documento é assinado por advogados e políticos de oposição. O pedido lembra que Aras foi nomeado em 2019 e sequer integrou a lista tríplice.

 


Notícias relevantes: