Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Apenas três prefeitos da Região se posicionam e pedirão votos

| 18/10/2014 | 22:58

A uma semana das eleições do 2º turno, são poucos os prefeitos do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ) que declaram abertamente seus favoritos entre a presidente Dilma Rousseff (PT) e o senador mineiro Aécio Neves (PSDB). Comprometidos ou não com seus partidos, eles dão a si mesmos autonomia para vestir a camisa ou ficar ‘em cima do muro’.

Das sete cidades do AUJ, apenas três representantes se posicionaram à reportagem. Os prefeitos de Jundiaí, Pedro Bigardi (PCdoB), de Itupeva, Ricardo Bocalon (PT), e de Campo Limpo Paulista, José Roberto de Assis (PR), manifestaram suas opiniões e cada um, ao seu modo e estratégia, deve pedir votos.

Mesmo próximo do PSDB e recebendo visitas do governador Geraldo Alckmin (PSDB) neste ano, o prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi (PV), informou pelo secretário de Comunicação que está totalmente dedicado ao abastecimento de água na cidade e, por isso, ‘está sem cabeça para pensar em eleições’.

Já o prefeito de Jarinu, Vicente Zacan (PSB), membro do partido de Marina Silva (PSB) que agora apoia Aécio, informou, em nota, que não manifestou, ainda no momento, seu apoio a nenhum candidato à presidência, ‘uma vez que já houve apoio a deputados e governadores, na eleição de 5 de outubro’.

Prefeito de Louveira, Júnior Finamore (PTB), também afirmou, por nota, que espera do próximo ou próxima presidente o “estreitamento dos laços com os municípios e auxílio ao desenvolvimento do AUJ, independente de bandeira partidária”. Henrique Martin (PDT), prefeito de Cabreúva, não retornou até o fechamento desta edição.


Link original: https://www.jj.com.br/politica/apenas-tres-prefeitos-da-regiao-se-posicionam-e-pedirao-votos/
Desenvolvido por CIJUN