Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Atendimento da UPA não será interrompido para transição de gestão

DA REDAÇÃO | 28/12/2018 | 18:22

A partir do dia 1º de janeiro, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) do Vetor Oeste passa a ser gerida pela Organização Social de Saúde (OSS) Fênix do Brasil, que ficou na segunda colocação no processo de chamamento público, realizado com base na Lei das Licitações. O Grupo Gamp concordou em promover a rescisão amigável do contrato com a Prefeitura e gerencia o equipamento até o dia 31 de dezembro, quando se inicia o processo de transição administrada pela Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) para a Fênix do Brasil.

“Apesar da Prefeitura estar rescindindo o contrato com o Gamp e contratualizando com a Fênix, nas mesmas condições em que a primeira venceu o certame público, todo esse trabalho será monitorado pela equipe técnica da Prefeitura e da Comissão Técnica de Avaliação do Contrato de Gestão, que conta com um representante do Conselho Municipal de Saúde (Comus), para garantir o atendimento à população. A participação da Prefeitura neste processo é para que os serviços não sejam prejudicados ou interrompidos”, detalha o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera.

A princípio, a Fênix assume a gestão da UPA com os mesmos prestadores de serviços, quadro de funcionários e fornecedores. O valor mensal para pagamento pelos serviços de exames, atendimentos de urgência e emergência (9 mil consultas e 10 mil procedimentos) será mantido em R$ 1,3 milhão.“Todas as deliberações até o presente momento foram feitas de acordo com as cláusulas contratuais e licitatórias do chamamento público, amparadas por pareceres jurídicos e informadas para o Ministério Público”, enfatizam os gestores Fernando de Souza (UGNJC), Simone Zanotello (UGAGP) e José Antonio Parimoschi (UGGF)

T_upa1-1


Link original: https://www.jj.com.br/politica/atendimento-da-upa-nao-sera-interrompido-para-transicao-de-gestao/
Desenvolvido por CIJUN