Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

AUJ segue com as ações que propõem integração regional

SOLANGE POLI | 28/04/2019 | 08:40

Transporte e Mobilidade, Saúde, Segurança Pública, Desenvolvimento Econômico Regional, Saneamento e Meio Ambiente estão entre os principais eixos que devem ser objetos de estudo para integração dos planos e ações dos municípios do Aglomerado Urbano de Jundiaí, além de outras questões cooperativas e colaborativas. Esses temas têm sido objetos de discussão nas reuniões do Conselho de Desenvolvimento da AUJ, presidida pelo prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB), assim como no âmbito do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Integrado, cujo desenvolvimento está a cargo da Emplasa. Os projetos, entretanto, não têm ações executivas.
Entre as ações priorizadas nas reuniões do AUJ, entre 2017 e 2018, está o Transporte e Mobilidade, com protocolos de integração dos sistemas de transportes municipais e intermunicipais. Também destacaram-se o projeto de recuperação e recapeamento asfáltico, melhoria da infraestrutura de drenagem, viária e de defensas da Marginal do Rio Jundiaí, ligando os municípios de Jundiaí, Várzea e Campo Limpo Paulista.
Outros projetos importantes que seguem em discussão são o de ligação viária urbana da avenida União dos Ferroviários com o município de Várzea Paulista e o projeto do Trem Rápido (Expresso Bandeirante – Trens Intercidades) ligando Jundiaí a São Paulo.
Segundo a Prefeitura de Jundiaí, na área de Saúde é prevista a celebração de consórcio intermunicipal para gestão da alta complexidade e serviço de verificação de óbito, com a criação de um sistema hospitalar regional. Também considera-se estabelecer um sistema integrado de vigilância epidemiológica.
Na Segurança Pública considera-se a implantação de muralha eletrônica no AUJ por meio da integração dos sistemas de videomonitoramento dos municípios. É preciso dotar a região de melhorias na infraestrutura de segurança para combate à criminalidade, como a instalação de um Copom para o AUJ, IML Regional e mais viaturas para policiamento ostensivo.
Na área de Desenvolvimento Econômico Regional, discute-se ampliar o número de cursos profissionalizantes nas cidades do AUJ, com foco nas vocações regionais. Também é relevante compartilhar experiências municipais voltadas para o estímulo ao empreendedorismo, geração de emprego, trabalho e renda, para potencializar as políticas de atração de investimentos produtivos das cidades do AUJ.
Já em Saneamento e Meio Ambiente destaca-se o protocolo para integração dos sistemas de abastecimento de água dos municípios, entre outras ações cooperativas e colaborativas que ainda incluem viabilizar alteração no contrato social da Cijun para que possa prestar serviços para os municípios e trocar experiências sobre projetos de Cidades Inteligentes.

Unir forças
Segundo Marcão Marchi (PSDB), prefeito de Itupeva, as reuniões do Aglomerado Urbano servem para que os municípios unam forças para trabalhar num único objetivo: a população. Em um balanço das reuniões, ele avalia que os assuntos mais discutidos são saúde e segurança.
“No fim do ano passado, em votação, fui eleito o vice-presidente do Conselho e agradeço a confiança de quem me colocou nesta posição. Por exemplo, em reunião, apoiei a iniciativa de solicitar ao Governo do Estado a inclusão do Hospital São Vicente de Paulo no programa Santas Casas Sustentáveis, tendo em vista o trabalho de atendimento que envolve toda a região, e também o envio de recursos estaduais para a implantação de uma rede de videomonitoramento eletrônico integrando os sete municípios”, disse o prefeito, ressaltando que não se pode esquecer de mencionar os esforços dos municípios com o Grendacc, quando o funcionamento ficou ameaçado.

T_auj


Link original: https://www.jj.com.br/politica/auj-segue-com-as-acoes-que-propoem-integracao-regional/
Desenvolvido por CIJUN