Política

Bolsonaro marca reunião para informar que irá deixar o PSL


Bolsonaro e filhos
Crédito: Reprodução/Internet
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) marcou uma reunião para a tarde desta terça-feira (12) com o grupo de deputados aliados dentro do PSL para informar que decidiu deixar o partido. No encontro, que será realizado no Palácio do Planalto, ele deve comunicar que pretende ficar, pelo menos no curto prazo, sem partido. A tendência é que o presidente anuncie processo de coleta de assinaturas para a formação de uma nova legenda, cujo nome ainda não foi definido, em que ele seria o líder. Uma das hipóteses é Conservadores. Os deputados e senadores do PSL que foram considerados traidores pelo presidente, como Joice Hasselmann (SP), Delegado Waldir (GO) e Major Olímpio (SP), não foram convidados para a reunião. Atualmente, ao menos 20 parlamentares estariam dispostos a seguir Bolsonaro. Encabeçam a lista os filhos do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP) e o senador Flávio Bolsonaro (RJ).

Notícias relevantes: