Política

Bolsonaro tira Joice da liderança do Congresso


joicehasselmann-6f4c7aaad00c22a29a4f5a2994369c6b-1200x600
Crédito: Reprodução/Internet
Contrariado com o fato de a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) ter assinado a lista de apoio à manutenção de Delegado Waldir (PSL-GO) como líder do partido na Câmara, o presidente Jair Bolsonaro decidiu retirar a parlamentar da liderança do governo no Congresso. Ela deve ser substituída pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO), que é vice-líder. A ala ligada a Waldir e ao presidente do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), está em guerra aberta com o grupo alinhado a Bolsonaro no partido. Na quarta-feira (16), o campo pró-Bolsonaro tentou destituir Waldir e substituí-lo por Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da República. No entanto, a ala bolsonarista sofreu uma derrota nesta quinta, uma vez que a Secretaria-Geral da Mesa da Câmara, após conferir as assinaturas das diferentes listas, afirmou que Waldir continua líder do partido na Casa. Gomes esteve no Planalto na manhã desta quinta-feira e se reuniu com Bolsonaro. O anúncio da troca deve ser realizado em breve. "Se a líder do governo no Congresso não assina uma lista que vai trocar o líder do PSL e que vai dar maior estabilidade nas votações do governo na Câmara e também com reflexo no congresso, porque os deputados votam nas sessões do congresso...se não há esse alinhamento, é natural que houve uma queda de confiança", afirmou o Major Vitor Hugo (PSL-GO).

Notícias relevantes: