Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Câmara aprova projeto para destinação correta de animais

SOLANGE POLI | 29/05/2019 | 07:56

Na sessão da Câmara de ontem à noite, em Jundiaí, foi aprovado com 17 votos favoráveis, o projeto de lei de autoria dos vereadores Leandro Palmarini (PV) e Paulo Sérgio Martins (PPS), para instituir uma campanha de conscientização sobre a destinação correta de animais domésticos mortos.

“A ideia com esse projeto é incentivar a destinação adequada dos corpos dos animais de estimação com uma campanha através de cartazes, redes sociais e até nas unidades de saúde, se a prefeitura concordar, lembrando que a lei depende da sanção do executivo. Se for sancionada, e esperamos que seja, a ideia é fazermos uma parceria para a ampla divulgação”, lembra o vereador Leandro Palmarini.

A destinação correta, conforme o texto do projeto defendido pelos vereadores, deve ocorrer de três formas. Uma delas é no cemitério de animais, outra no crematório, ambos ainda inexistentes em Jundiaí. Também é possível contar com o serviço 156, um canal de atendimento da prefeitura, por meio do qual pode ser solicitada a remoção dos corpos dos animaizinhos. “Em nosso gabinete temos muitas chamadas com dúvidas a esse respeito. O importante é que os moradores não depositem no lixo. Daí a importância do nosso projeto, que antes de tudo busca essa conscientização”, complementa Palmarini.

O vereador Paulo Sérgio Martins esclarece também a relevância da contaminação do lençol freático provocada pelos cemitérios de animais. Jundiaí já teve um cemitério para animais, mas por se enquadrar como APA (Área de Proteção Ambiental), não pode mais contar com esse serviço na cidade, existente em outros municípios da região. “Pedi indicação de vários serviços e espero que o executivo abrace a ideia. São eles o SUS Animal, o Samu Animal e o crematório”, explicou Paulo Sérgio.

Ainda na sessão de ontem, foi aprovado ainda, entre outros itens da pauta, o projeto do vereador Cristiano Lopes (PSD), de apoio aos professores da rede particular de ensino do Estado de São Paulo, nas negociações salariais e renovação da convenção coletiva de trabalho da categoria.

O projeto do vereador Márcio Cabeleireiro (MDB), que autoriza a criação de área de lazer e encontro para jovens, também teve aprovação. Foi adiado, porém, para a sessão do dia 4 de junho, o projeto de lei do vereador Cícero Camargo da Silva (PROS), que altera a lei que institui incentivos à adoção de menores desamparados, para prever a Campanha Municipal de Divulgação e Incentivo da Adoção de Crianças e Adolescentes.


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/politica/camara-aprova-projeto-para-destinacao-correta-de-animais/
Desenvolvido por CIJUN