Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Câmara cederá estúdio de gravação e mais no Pelo Ordem

Angelo Augusto | 07/11/2019 | 07:30

Câmara cederá estúdio para projeto

A Câmara de Jundiaí vai ceder seu estúdio de gravação para que a Associação Vida produza os tutoriais do projeto “Câmera na Mão”. A ação é voltada para adolescentes em situação de vulnerabilidade social e tem como objetivo ensinar, através do cinema, competências como organização, cooperação e protagonismo juvenil. Os tutoriais apresentarão todas as etapas de produção de um filme.

Vereador Albino próximo do PL

Após toda a polêmica a respeito do caso do menino do Eloy Chaves, que resultou na expulsão do vereador Antônio Carlos Albino do seu ex-partido, o PSB, o parlamentar afirmou que não vê isso como um problema e já visa o ingresso em outra sigla. “Recebi convites de diversos partidos, mas estou mais próximo do PL”, disse.

Feminicídio não tem prazo para prescrição

O Senado aprovou nesta quarta-feira (6) uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para tornar imprescritíveis os crimes de feminicídio e estupro. A matéria segue, então, para análise da Câmara dos Deputados. A tipificação do crime de feminicídio está prevista na Constituição desde 2015. É o homicídio “contra a mulher por razões da condição de sexo feminino”. O criminoso poderá ser punido mesmo muitos anos após o crime.

Ministra Damares está no Tinder

Durante o lançamento do programa Vida Saudável na modalidade Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, contou que está usando o aplicativo Tinder. Segundo ela, seu intuito é procurar algo sério. “Estou procurando um marido, estou entrando no Tinder para achar um marido. Eu posso, sou uma jovem senhora quase idosa”, disse.

“População vacinada contra a ditadura”

Quase uma semana após fazer declarações sobre um novo AI-5, o ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, negou na quarta-feira (6), na Câmara dos Deputados, qualquer inclinação ditatorial do governo de Jair Bolsonaro (PSL). “As nossas gerações estão completamente vacinadas contra qualquer sintoma de ditadura, dessas coisas que ficam assustando aí as pessoas”, disse.

Presidente defende menos municípios

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) saiu em defesa, nesta quarta-feira (6), da redução do número de municípios pequenos no país e ressaltou que a proposta do governo corrige um abuso do passado, já que há unidades federativas que não têm autonomia financeira. Ele ressaltou que muitas das pequenas cidades só sobrevivem no país graças a transferências do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).


Link original: https://www.jj.com.br/politica/camara-cedera-estudio-de-gravacao-e-mais-no-pelo-ordem/
Desenvolvido por CIJUN