Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Câmara de Itupeva elege primeira líder mulher em 30 anos

BÁRBARA NÓBREGA MANGIERI | 25/01/2019 | 05:02

Desde 1º de janeiro de 2019, a Câmara de Itupeva é uma das poucas no Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ) a ser liderada por uma mulher. Além dela, apenas Cabreúva tem uma liderança feminina no Legislativo. Aos 47 anos, Tatiana Salles (PSB) é a primeira mulher a chefiar a Casa de Leis em 30 anos. Mãe de dois filhos e formada em jornalismo e em direito, ela foi eleita pela primeira vez em 2012. Agora, cumpre seu segundo mandato com diversos projetos importantes para as mulheres no currículo, como a regulamentação da presença de doulas nos hospitais. Em entrevista exclusiva ao JJ, ela fala sobre sua carreira política e a luta para criar um Banco de Leite em Itupeva.

O que a motivou a seguir carreira na política?
Sempre fui engajada com projetos e ações sociais e quando surgiu o convite para ser candidata, acreditei que poderia fazer mais pelas pessoas e aceitei. É o que venho buscando fazer desde que fui eleita pela primeira vez.

Você é uma das poucas vereadoras do AUJ e a única a chefiar o Legislativo na Região. A que você atribui essa conquista?
Acredito que seja resultado de um trabalho que vem sendo construído em anos de atuação política.

Como incentivar uma maior participação das mulheres na política?
Assim como em todo o país, a participação feminina na política de Itupeva ainda não é ideal, mas acredito que está evoluindo. Hoje temos duas vereadoras na Câmara e assumi como primeira mulher à frente do Legislativo nos últimos 30 anos. Espero que as mulheres continuem se engajando, entendo a importância da atuação política e do nosso papel na sociedade.

Que assuntos e projetos pretende pautar nesses próximos dois anos em relação aos direitos da mulher?
Um dos focos é avançar em questões sobre o feminicídio, buscando formas de combater este crime. Garantir que a mulher se sinta mais segura e tenha seus direitos respeitados é essencial. Também temos um projeto de Banco de Leite para o município, que é importante para as mulheres.

Como você pretende abordar assuntos polêmicos e impopulares no seu mandato?
Levarei ao plenário todos os projetos de interesse da população. Vamos colocar para votação o quanto antes as contas dos ex-prefeitos que estejam liberadas pelo Tribunal de Contas. A última vez que isso foi feito na Câmara de Itupeva foi em 2016 e temos contas referentes ainda ao ano de 2010 sem parecer.

Como é sua relação com o Poder Executivo?
Temos um bom relacionamento com o prefeito e acho isso importante para que possamos dialogar sobre o que é melhor para Itupeva. Mas, como vereadora e representante da população, sigo atenta. Busco apoiar sempre que for melhor para a cidade e cobrar o Executivo sempre que for necessário.

O prefeito Marcão Marchi (PSD) pode ser cassado e você pode assumir. Como se sente em relação a este desafio?
Por enquanto, estou focada em minhas responsabilidades como presidente da Câmara e espero corresponder às expectativas e fazer o trabalho da melhor maneira possível.

Divulgação

Divulgação


Link original: https://www.jj.com.br/politica/camara-de-itupeva-elege-primeira-lider-mulher-em-30-anos/
Desenvolvido por CIJUN