Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Campanhas eleitorais estarão nas ruas a partir de 6 de julho

| 21/06/2014 | 00:00

As campanhas eleitorais começarão, oficialmente, no dia 6 de julho. O calendário é estipulado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e, atentos a ele, partidos de Jundiaí já se estruturam para lançar seus candidatos nas ruas, após o fim da Copa do Mundo, em 13 de julho. Até o dia 6, segundo o TSE, nomes de candidatos devem estar devidamente homologados para a disputa.

Pouco antes da data-limite, cuidados específicos são necessários, já que a partir do dia 1° de julho, não será permitida a veiculação de propaganda partidária gratuita e de nenhum tipo de propaganda política paga no rádio e na televisão. A norma, prevista no Calendário Eleitoral e na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97), proíbe ainda que as emissoras de rádio e televisão transmitam, em sua programação normal e nos noticiários, imagens de realização de pesquisa ou qualquer tipo de consulta popular de natureza eleitoral. 

“O calendário de campanha só começa mesmo no dia 6. Antes disso, sabemos que nada pode ser feito”, conta o presidente do PSDB em Jundiaí, Fernando Souza. Segundo ele, cada candidato do partido deverá ter as próprias diretrizes de campanha. “Como é uma disputa estadual, o partido deve estar providenciando toda a documentação necessária. Isso extrapola o trabalho municipal.” Os nomes do partido para a disputa eleitoral – do deputado federal Luiz Fernando Machado (PSDB) e do ex-prefeito de Jundiaí, Miguel Haddad (PSDB), ainda não foram oficializados, já que a convenção estadual do PSDB está prevista só para dia 29. Por esse motivo, o partido é mais resistente em dar detalhes da futura campanha.

Já o PT e PCdoB, que tiveram seus candidatos definidos no último sábado, dizem que preparam material para, assim que acabar a Copa, iniciarem os trabalhos de rua. “Já estamos fazendo as conversas necessárias. Está quase tudo pronto. O PT estadual dá as diretrizes para não ultrapassarmos os limites da lei”, diz o presidente do PT em Jundiaí, Arthur Augusto, que defende as candidaturas de Gerson Sartori (PT) a federal e de Paulo Malerba (PT) a estadual. Arthur conta que candidatos também terão autonomia. “Particularmente, cada um definirá seu modo de agir.”

Segundo o vereador e coordenador da campanha de Júnior Aprillanti (PCdoB) a deputado estadual, Rafael Purgato, até o dia 6, o partido intensifica os apoios regionais que já estão sendo fechados. “Agendamos o lançamento da candidatura para o dia 20. A campanha visual e de rua, faremos após a Copa.”

Presidente do PSC e candidato a deputado estadual, Enivaldo Ramos de Freitas, o Val, diz que peças de campanha já estão sendo feitas. “Busco apoio nas cidades do Estado.”


Link original: https://www.jj.com.br/politica/campanhas-eleitorais-estarao-nas-ruas-a-partir-de-6-de-julho/
Desenvolvido por CIJUN