Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Confira os destaques da política desta quinta-feira (19)

| 18/06/2014 | 23:22

Em 6 meses – As alterações no secretariado da Prefeitura de Jundiaí começam a parecer comuns. Em seis meses, desde o início deste ano, o prefeito Pedro Bigardi (PCdoB) já deslocou um secretário e aceitou a saída de outro. Mais dois nomeados deixaram as pastas para disputarem as eleições. Conforme o prefeito disse ao JJ Regional nesta semana, um rigor diferente parece surgir. O prefeito diz que espera mais agilidade e menos projetos de sua equipe. 

Hospital Regional – Políticos tucanos têm usado as redes sociais para fazer trabalho de ‘RH’ para o funcionamento do Hospital Regional. O deputado federal Luiz Fernando Machado (PSDB) e o vereador de Jundiaí, Gustavo Martinelli (PSDB), iniciaram recrutamento divulgando site do hospital Sírio Libanês para os interessados. A colaboração de ambos condiz com a necessidade, já que o prédio inaugurado aguarda para funcionar.

Amigão – A convenção do PSC, realizada na Assembleia Legislativa em SP, contou com quase cinco mil participantes e inúmeros helicópteros sobrevoando a região. Pastor Everaldo foi confirmado candidato à presidência. Val de Freitas, ex-vereador de Jundiaí, foi chamado ao palco pelo próprio pastor para saudar a Região. Val é candidato a deputado estadual e ficou emocionadíssimo. (A.G.)

Na periferia – O vereador de Jundiaí e candidato a deputado estadual pelo PT, Paulo Malerba, esteve ontem em Itaquaquecetuba visitando apoiadores de sua candidatura. Depois, seguiu para Itaquera onde foi recebido por militantes do deputado Luiz Claudio Marcolino, que faz dobradinha a federal com Malerba. Hoje, ele faz mais contatos em Campinas e em Campo Limpo Paulista. Em campanha, Malerba já ouviu moradores de quilombos e dos sem-teto. (A.G.) 

Não é eleitoral – Após sancionar lei que considera a profissão de motoboy perigosa e conceder 30% de adicional de periculosidade, a presidente Dilma Rousseff (PT) reagiu a provocações da oposição de que está promovendo uma série de atos de cunho eleitoreiro, incluindo o pacote de medidas que atende empresários. Dilma assegurou que as ações não são eleitorais, mas cabíveis e avisou que não pode parar de governar. “Se for assim, tudo é o eleitoral neste País e não é”, desabafou. (A.E.) 

Plágio – O presidente do PT-SP, Emídio de Souza, afirmou que o partido vai acionar a Justiça contra o PMDB por um suposto plágio do slogan da campanha de Alexandre Padilha. O candidato petista usa a frase “Para mudar de verdade”. Já a campanha de Paulo Skaf (PMDB) adotou o slogan “Mudança de verdade”, gesto que Emídio classificou como “desleal”. O PT informou que continuará a usar o slogan. (A.E.)


Link original: https://www.jj.com.br/politica/confira-os-destaques-da-politica-desta-quinta-feira-19/
Desenvolvido por CIJUN