Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Confira os destaques da política desta terça-feira (07)

| 07/10/2014 | 00:00

Sessão hoje – Após fim das eleições para deputado, vereadores de Jundiaí terão sessão tranquila, hoje, às 18 horas, na Câmara de Jundiaí. Serão votados vetos do prefeito a projetos considerados ilegais e outro texto que institui, no Calendário Municipal de Eventos, o Dia da Leitura. Fora isso, vereadores apreciarão dois projetos para denominação de rua e uma moção. Um dos vetos cai sobre projeto que previa controle sobre desperdício de água.

E agora? – Ex-secretário de Obras, Junior Aprillanti (PCdoB), que tentou ser eleito deputado estadual, disse ao JJ Regional que ainda não conversou com o prefeito Pedro Bigardi (PCdoB) sobre uma possível retomada sua à secretaria. “Estou passando por uma reavaliação até pessoal. Não sei se volto para vida pública. Tenho minha carreira de engenheiro e a política consome demais a gente.”

Como o 7 a 1 – O terceiro mais votado, mas não eleito, em Jundiaí, Junior Aprillanti (PCdoB), que fica como 1º suplente da bancada do PCdoB na Assembleia, comparou a derrota dessas eleições ao 7 a 1 marcantes da Copa do Mundo deste ano, quando o Brasil foi derrotado pela Alemanha. “Em 2012, o Pedro (Bigardi) deu um banho neles e, agora, nós levamos o banho. Estão falando sobre a ‘onda azul’. Política é isso”, disse.

Propaganda – O 2º turno das eleições para presidente da República contará também com a propaganda eleitoral gratuita nas emissoras de TV e rádios. A propaganda pode começar 48 horas após a proclamação dos resultados do 1º turno e vai até o dia 24 de outubro. A data-limite para o início do horário eleitoral em segundo turno é dia 11. O horário gratuito ocorrerá em dois períodos diários de 20 minutos para ambos os candidatos. 

Russomanno – O jornalista Celso Russomanno (PRB), que esteve em Jundiaí dias antes da eleição, na semana passada, foi eleito com o maior número de votos na Câmara dos Deputados – 1,5 milhão. Além disso, ele ainda puxou outros sete parlamentares para Brasília e, destes, quatro são evangélicos. A bancada evangélica fica ainda maior na Casa com a ajuda de Russomanno. O PRB é ligado à Igreja Universal do Reino de
Deus (Iurd). 

Capez, o mais votado  – Deputado estadual mais votado neste ano, com 306.268 votos, o promotor licenciado Fernando Capez (PSDB) atribui o bom desempenho tanto à sua atuação na Assembleia Legislativa como ao fato de ter atendido muitos políticos do interior. “Adotei um sistema de atendimento de prefeitos que ia direto ao ponto, eu perguntava exatamente o que o município dele precisava”, diz Capez. 


Link original: https://www.jj.com.br/politica/confira-os-destaques-da-politica-desta-terca-feira-07/
Desenvolvido por CIJUN