Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Debate sobre assistência social na Câmara e mais no Pela Ordem

Angelo Augusto Santi | 04/06/2020 | 07:40

Debate sobre assistência social na Câmara

A Comissão Especial da Câmara de Jundiaí, criada para acompanhar a situação econômica do município diante da pandemia do novo coronavírus e presidida pelo vereador Cristiano Lopes (PP), se reunirá na manhã de hoje (4) com a gestora de Assistência e Desenvolvimento Social, Nádia Tafarello Soares, e com Francine Suellen Picardi, diretora do Fundo Social de Solidariedade, para discutir a questão social durante a pandemia.

Morre o ex-prefeito de Campo Limpo Bruno Patelli 

Campo Limpo Paulista perdeu Bruno Patelli, um de seus ex- prefeitos, aos 74 anos. Bruno foi vereador durante a 4ª legislatura, de 1977 a 1983. Ele também foi vice-prefeito de Mitiharu Tanaka e assumiu a Prefeitura, após a morte de Tanaka, de abril de 1983 a 1988. Na Assembleia Legislativa do Estado, Patelli foi assessor parlamentar.

Alexandre Cabral será exonerado

Um dia depois de tomar posse como presidente do Banco do Nordeste (BNB), em Fortaleza, Alexandre Cabral será exonerado do cargo, informa fonte do Palácio do Planalto. “Ele está cheio de problemas”, disse um importante auxiliar do presidente, sem explicitar que o maior problema de Cabral é ser alvo de investigação conduzida pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sob suspeita de irregularidades na Casa da Moeda, em 2018.

Manifestantes são “baderneiros”

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, criticou as manifestações contrárias ao governo ocorridas no último domingo (31) e a tentativa de associação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com regimes nazistas e ditatoriais. Mourão chamou os manifestantes de “baderneiros” e diz que é “desonesto” fazer qualquer tipo de relação do atual governo com o nazismo.

Novo grupo no whatsapp 

Um dos líderes Movimento Brasil Livre (MBL), o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) criou um grupo no WhatsApp “contra ditadura” nomeado “Democráticos”, com algumas dezenas de parlamentares de direita e esquerda. Também fazem parte do grupo Joice Hasselmann (PSL-SP), Marcelo Freixo (PSOL-RJ), Tabata Amaral (PDT-SP), e o ex-líder da oposição, Alessandro Molon (PSB-RJ).

Aras retoma investigação

O procurador-geral da República, Augusto Aras, decidiu retomar a negociação de um acordo de delação premiada com o advogado Rodrigo Tacla Duran, que atingiria um amigo do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro. Duran é foragido da Justiça e teve sua proposta de delação rejeitada pela Operação Lava Jato em 2016. O advogado foi apontado pela força-tarefa da Operação Lava Jato como um operador financeiro da Odebrecht no exterior.


Leia mais sobre | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/politica/debate-sobre-assistencia-social-na-camara-e-mais-no-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN