Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Decisão de Doria nocauteia prefeitos e mais no Pela Ordem de hoje

Angelo Augusto Santi | 16/05/2020 | 07:25

Decisão de Doria nocauteia prefeitos 

O endurecimento do governador João Doria (PSDB) em relação ao maior isolamento social, com possível lockdown na Grande São Paulo, põe a nocaute diversos prefeitos do interior, inclusive do seu próprio partido. Com a vontade de flexibilizar cada vez mais a economia local, os prefeitos têm de amargar derrotas judiciais, como é o caso de Jundiaí, a pedido da própria Procuradoria. Há incógnita tucana para as próximas semanas.

“Não há discussão sobre lockdown” 

Em contrapartida, o secretário dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, afirmou ontem (15), em entrevista, que o estado ainda não discutiu a possibilidade de um lockdown como medida de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. “Nós ainda não fomos acionados para uma estratégia de fechamento total.”

Mandetta e Moro se pronunciam 

O pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich, foi recebido com mensagens pessimistas e de lamentação. “Oremos. Força, SUS. Ciência. Paciência. Fé!”, escreveu Luiz Henrique Mandetta no Twitter. “Fica em casa”, acrescentou o ex-ministro. “Cenário difícil. Cuide-se e cuide dos outros”, disse Sergio Moro, também no Twitter. “É mais um herói que se vai”, afirmou Wilson Witzel. “Minha solidariedade, ministro Nelson Teich.

Freixo desiste da prefeitura do Rio 

Segundo colocado nas pesquisas, o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL) informou, nesta sexta-feira (15), ao comando do PSOL que desistiu de concorrer à Prefeitura do Rio. Nas conversas, ele alega dificuldade de consolidação de uma aliança ampla de esquerda, além de resistência enfrentada dentro do próprio PSOL. Até agora, ele só conquistou o apoio do PT. A cúpula do PSOL ainda tenta reverter a decisão.

Bruno Covas recebe alta em SP

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), recebeu alta ontem (15), após ser internado devido a uma inflamação no cólon. De acordo com o Hospital Sírio-Libanês, onde Covas estava internado desde quarta-feira (13), os exames evidenciaram quadro de inflamação do intestino com melhora espontânea. “O prefeito apresentou rápida melhora clínica e, após período de vigilância médica, deixou o hospital”, diz a nota.

Mello assistirá vídeo na segunda

O Supremo Tribunal Federal (STF) informou na sexta-feira (15) que o ministro Celso de Mello assistirá na próxima segunda (18) ao vídeo da reunião ministerial de 22 de abril. Só então ele decidirá se o vídeo se tornará público. A reunião foi mencionada pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro como prova de que o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na Polícia Federal. O vídeo será assistido na casa do ministro.


Leia mais sobre | | | | | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/politica/decisao-de-doria-nocauteia-prefeitos-e-mais-no-pela-ordem-de-hoje/
Desenvolvido por CIJUN