Política

‘Decisão do TSE evita trauma de véspera’

O candidato do PDT à sucessão presidencial, Ciro Gomes, avaliou neste sábado (1º) que a decisão que barrou a candidatura do ex-presidente Lula torna o processo eleitoral mais claro. Segundo ele, o resultado do julgamento do TSE já era previsto, apesar de ele considerar injusta a condenação do petista. “Ainda que eu considere injusta sua condenação, a Lei da Ficha Limpa certamente impediria sua candidatura”, afirmou em mensagem enviada à Folha de S.Paulo. Ex-ministro do governo petista, Ciro disse compreender “a dor e o momento difícil” pelo qual atravessa o partido, mas ressaltou que o resultado torna a campanha eleitoral mais transparente. “A decisão evitará o trauma e a perplexidade de uma substituição na véspera da eleição”, emendou o pedetista. Ciro era um dos maiores críticos da insistência do Partido dos Trabalhadores na candidatura de Lula. Chegou a dizer que se tratava de uma “viagem lisérgica” e que o povo brasileiro estava sendo enganado. ciro-gomes-2017-732

Notícias relevantes: